Vereador de Rodeio e outras duas pessoas são presas com armas de caça, em Taió

A guarnição foi acionada via Copom para averiguar uma ocorrência de pessoas caçando na localidade do Gramado, em Taió. Essas pessoas estariam em um veículo S10 de cor preta.

De posse dessas informações, a Guarnição ao chegar próximo ao local, avistou o veículo S10 vindo ao encontro da viatura. De pronto foi dada ordem de parada e pedido para que todos os ocupantes do veículo saíssem com as mãos em local visível.

Na sequência, foi encontrado com Angelo Caetano Sardagna, um celular e duas munições calibre .32 no seu bolso dianteiro direito.

Com os outros dois ocupantes do veículo foi encontrado apenas um celular com cada um.

Foram indagados sobre as munições encontradas no bolso de um dos ocupantes do veículo e se teria arma ou munições dentro do veículo.

Lindomar Klug relatou que dentro do veículo, atrás do banco traseiro, tinha duas espingardas e mais munições.

Os policiais encontraram duas armas.

Uma espingarda Calibre.28 da marca Rossi, uma espingarda calibre.32 marca CBC, uma cartucheira de couro marrom com 19 munições.28, munições avulsas em uma mochila preta, que contabilizou o total de 18 munições de calibre.28 intactas, uma calibre.28 deflagrada, 11 munições calibre.32 intactas e uma calibre.32 deflagrada.

Foi questionada a posse das armas e da mochila preta no qual foi encontrado as munições avulsas.

Lindomar assumiu a posse dos objetos citados, armas e munições. Ele ressaltou que as duas munições.28 foram encontradas com Angelo tinham caído no campo e o mesmo tinha as pego e colocado no bolso.

As munições pertencem ao montante encontrado na mochila preta.

Com o outro envolvido, Neri Sérgio da Silva, foi encontrado apenas um celular. Depois disso foi dada voz de prisão para os três. Todos foram algemados para resguardar a integridade física deles e da guarnição.

Foi entrado em contato com a Polícia Civil que orientou a proceder da seguinte forma: aprender os objetos, fotografar o veículo e os objetos e se o veículo estivesse tudo certo, poderia liberar o veículo para uma pessoa habilitada, fazer uma revista minuciosa no veículo para ver se não havia mais nada de ilícito no veículo.

No carro tinha apenas 4 cachorros na carroceria. Realizada a busca veicular e nada além do citado foi encontrado de ilícito. O veículo foi consultado no sistema e como estava tudo certo com a documentação foi libera

Foi solicitado também o apoio da viatura da PM de Taió para conduzir os envolvidos até a delegacia de polícia de Taió junto com os objetos apreendidos para procedimentos cabíveis.

Chegando na delegacia, foram apresentado os envolvidos sem lesões pelo uso da algema e os objetos apreendidos.

Fonte: Rádio Educadora | Foto: Divulgação

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário