Suspeito de homicídio é preso em Balneário Camboriú

De acordo com informações do delegado, o suspeito teria admitido o crime

A Polícia Civil de Balneário Camboriú prendeu um dos suspeitos de assassinar César Augusto Izzo, 28 anos, com seis tiros na fila do drive thru da lanchonete McDonald’s na Avenida do Estado, em Balneário Camboriú, na madrugada do dia 20 de maio.

O suspeito de ser o autor dos disparos tem 22 anos e foi detido na tarde desta quarta-feira em uma casa, em São Francisco do Sul.

De acordo com informações do delegado Vicente de Assis Mesquita Soares, da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú (DIC), o preso teria confessado que cometeu o crime e que não conhecia a vítima.

Teria afirmado ainda que atirou por causa de uma discussão que aconteceu na fila da lanchonete. Um dos suspeitos que teria começado a discussão continua foragido.

Segundo a polícia, o suspeito preso tem passagem por lesão corporal e receptação e o que está foragido é também procurado suspeito por ter cometido roubo. Os dois devem responder por homicídio qualificado por motivo fútil.

A pena pode chegar a 30 anos de prisão.

O crime ocorreu por volta das 5h. Conforme a Polícia Militar apurou com testemunhas, o suspeito detido e outros ocupantes de um carro prata teriam feito provocações às pessoas que estavam na fila, e entrado em confronto com a vítima, que levou seis tiros.

Izzo chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: JSC | Foto: Divulgação / Reprodução

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário