Sindicato não descarta novas paralisações no transporte coletivo de Blumenau

O Sindetranscol convocou uma coletiva de imprensa na sede do sindicato no bairro Garcia, por volta das 10h da manhã desta quarta-feira, 5 de dezembro. O encontrou teve o objetivo de explicar os motivos da paralisação que pegou de surpresa os usuários do transporte público em Blumenau nas primeiras horas de hoje.

Na coletiva os representantes dos trabalhadores da categoria qualificaram como tranquila a paralisação e disseram que o objetivo era fazê-la em um horário que não afetasse tanto a população de Blumenau.

Não é praxe do sindicato fazer paralisação sem anúncio. Essa manifestação foi uma reposta imediata diante do desrespeito da empresa com nós trabalhadores – afirma o assessor do sindicato, Ricardo Freitas.

O Sindetranscol afirma que não existe decisão de greve, mas novas paralisações parciais durante o dia não estão descartadas. A decisão será tomada após consulta aos trabalhadores da categoria durante o dia. Segundo o sindicato será informada com a maior antecedência possível.

O presidente do Sindetranscol, Pradelino Moreira da Silva afirma que não há até o momento nenhuma agenda de negociação com a empresa.

Estamos abertos para conversar e queremos buscar uma solução que seja boa para os trabalhadores, desde que haja um aumento real. Se for aberta negociação por parte da empresa, não teremos motivo pra paralisação – completa.

 

Fonte: NSC/Por Adriano Lins | Foto: Patrick Rodrigues

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário