Simplificação de projetos da construção civil de Rio do Sul entra em vigor no dia 31 de agosto

Com novo sistema já em funcionamento, meta é redução de até 80% do tempo para análise de projetos.

O sistema para auxiliar e gerenciar a nova regra de cadastro de projetos de construção civil para análise em Rio do Sul já está disponível já está em funcionamento.

Nesta semana, o banner “Construção Civil – Projeto Legal”, fica em destaque no site oficial da prefeitura: www.riodosul.sc.gov.br, direcionando para uma página com menus secundários.

A alteração da Lei Complementar 163/2006 do Plano Diretor de Rio do Sul entra em vigor no dia 31 de agosto e projetos para análise na modalidade antiga ainda são aceitos.

A partir desta data, todos os projetos precisam ser encaminhados por meio digital, seguindo o passo a passo do sistema.

Para orientar melhor os profissionais que atuam na área, como engenheiros, arquitetos e técnicos em edificação participaram de um treinamento no início do mês. Cerca de 100 profissionais da área puderam tirar dúvidas e conhecer mais do sistema que já está disponível.

Por uma questão de adaptação de sistema, processos de parcelamento do solo não tiveram alteração até o momento e devem ser feitos de forma física desde a consulta de viabilidade. Isso deve ser adaptado ainda nos próximos dias.

Em outras modalidades de projetos, a nova forma já é aceita, mesmo antes de entrar em vigor a alteração do Plano Diretor.

“Prevemos uma economia de tempo muito grande para todos os envolvidos na avaliação do projeto e também para a execução. Projetos arquitetônicos e hidrossanitários, por exemplo, que tinham até seis documentos para serem analisados, terão resumidos isso em apenas um”, descreve a arquiteta e diretora de projetos da prefeitura, Carolina Kuhl.

Diversos fatores podem acelerar ou atrasar uma construção. Mas com a simplificação da análise de projetos, o tempo será um aliado tanto da prefeitura como do construtor.

“Sem dúvida, o principal objetivo é a redução de prazos. Temos metas ousadas. Projetos que duravam até seis meses para serem analisados, podem cair para aproximadamente 30 dias. E isso é importante para motivar todo cidadão que deseja construir ou empresas ligadas à esta área”, ressalta a arquiteta.

Fonte: Imprensa de Rio do Sul | Foto: Divulgação

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário