Servidores municipais de Navegantes entram em greve

Servidores da prefeitura de Navegantes entraram em greve na quarta-feira, 13 de março. O sindicato dos trabalhadores afirma que o município vem descumprindo acordos e se nega a corrigir distorções salariais a curto prazo – a proposta prevê correção parcelada em 10 anos.

A prefeitura alega que a folha de pagamento custa R$ 30 milhões ao ano, está no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, e não tem como ceder.

Cerca de 600 servidores aderiram ao movimento, o que causou transtorno em diversos setores do serviço público. Em algumas creches, por exemplo, os responsáveis levaram as crianças para casa ao perceberem que as equipes de trabalho estavam reduzida.

Embora tenha sido mantido o efetivo mínimo de 30% de servidores trabalhando, os postos de saúde também tiveram dificuldades no atendimento.

Durante a tarde, os servidores apresentaram uma nova proposta ao prefeito Emílio Vieira (PSDB). Eles aguardam resposta da prefeitura. Como o município alega ter pouca margem de negociação, a tendência é que a greve continue nesta quinta-feira.

 

Fonte: nsc/Por Dagmara Spautz | Foto: Luiz Carlos Souza

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário