Santa Catarina é o segundo Estado do país que mais criou vagas de emprego em outubro

Santa Catarina terminou outubro como o Estado com o segundo maior saldo positivo de vagas de emprego formal no mês.

Foram criados 9,7 mil postos de trabalho, resultado de 86,4 mil admissões e 76,7 mil demissões no período. SC só ficou atrás de São Paulo, que terminou o mês com 13 mil vagas criadas.

O desempenho em outubro foi o terceiro melhor do Estado desde o começo de 2018. No saldo do ano, Santa Catarina registra saldo positivo, com a criação de 54,8 mil vagas.

Janeiro e fevereiro lideram como meses com maior saldo: 17,3 mil e 16,3 mil vagas, respectivamente.

Desde agosto, Santa Catarina registra saldos positivos na geração de emprego. Maio, junho e julho foram os três meses em que o saldo ficou negativo, sendo que maio foi o período mais expressivo, com fechamento de 4,4 mil postos de trabalho. Se comparado com outubro do ano passado, o saldo do mês passado aumentou 13,14%.

Outubro deste ano foi o melhor resultado para o mesmo mês desde 2013, quando o saldo positivo foi de 12 mil vagas. No Brasil, o saldo de outubro deste ano também fechou positivo, com criação de 57,7 mil empregos em outubro.

Setores que se destacaram em outubro na geração de empregos

A geração de empregos em outubro foi impulsionada, principalmente, pelo comércio (4 mil vagas). A seguir, estão setores de serviços (3,1 mil vagas) e indústria de transformação (1,7 mil vagas). Das sete áreas analisadas, três demitiram mais do que contrataram: administração pública (-49), construção civil (-42) e extrativa mineral (-23).

No saldo anual, o setor de serviços lidera a geração de empregos no Estado: 23,6 mil postos de trabalho. Em seguida, a indústria da transformação foi a área com maior número de contratações frente ao total de demissões.

Desde o começo do ano, foram 837,8 mil admissões contra 783 mil desligamentos, resultado em um saldo positivo de 22,5 mil vagas.

Cidades que se destacaram

Na análise por municípios, em outubro Joinville foi a cidade do Estado com maior saldo de vagas (1,4 mil), seguida por Blumenau (498) e Balneário Camboriú (395). A Capital está em quarto lugar na lista, com criação de 379 vagas. Já as cidades que mais demitiram são: São José, com saldo negativo de 121 vagas, Mafra (-96) e Navegantes (-35).

No ranking nacional da geração de empregos neste ano, Joinville, no Norte do Estado, aparece como a quinta melhor.

No acumulado do ano, o município foi responsável pela criação de 9 mil empregos. No ano passado, Joinville criou 5,5 mil postos de trabalho, se consolidando como a cidade que mais criou vagas no país.

Outras cidades de SC em melhores colocações no ranking nacional são Blumenau, que está na 28ª posição, com a criação de 4 mil vagas; Brusque, na 35ª, com saldo positivo de 3,4 mil novos postos de trabalho; e Chapecó, no Oeste, na 51ª, com a criação de 2,4 mil vagas entre janeiro e outubro deste ano.

Fonte: DC | Foto: Marco Favero

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário