Protesto na Itoupava Norte, em Blumenau, será repetido se autoridades não se preocuparem com insegurança

Ainda não surtiu o efeito desejado o protesto que comerciantes e moradores do bairro Itoupava Norte fizeram no fim da tarde de segunda-feira, 10 de dezembro, em frente ao abandonado prédio que foi sede da Empresa Nossa Senhora da Glória, na Rua 2 de Setembro. Com cartazes e aproveitando o sinal fechado, eles alertavam quem passasse pelo local sobre a falta de segurança provocada por esse e outros imóveis abandonados que, aos poucos, são ocupados por usuários de drogas e moradores de rua.

A esperança do grupo de cerca de 50 pessoas que participaram da mobilização era provocar as autoridades para que alguém tomasse alguma providência. O ideal, segundo um dos organizadores, era reunir pelo menos um representante da prefeitura, um da Polícia Militar, um da Polícia Civil para que em conjunto fosse encontrada uma solução. Por enquanto, um fica jogando a responsabilidade para o outro.

Se os efeitos não surgirem, é possível que uma nova manifestação seja marcada para os próximos dias. Só não se sabe que formato terá. Pode ser igual à de segunda ou pode crescer a ponto de incomodar um pouco mais as autoridades.

 

Fonte: NSC/Por Pancho | Foto: Marina Dalcastagne

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário