Processo de identificação de eleitores será híbrido em 233 cidades de Santa Catarina

O processo de identificação de eleitores será híbrido em 233 cidades de Santa Catarina em 2018, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Nesses municípios, será possível se apresentar aos mesários apresentando um documento com foto ou com o aplicativo “E-título” para votar.

Conforme o TRE, os eleitores dessas cidades puderam fazer o cadastro biométrico de forma espontânea nos últimos anos.

Como o cadastro não atingiu todos, mesmo quem atualizou os dados ainda pode se apresentar portando o título de eleitor ou um documento oficial com foto para votar. A lista completa de cidades com voto híbrido está disponível no site do TRE.

O aplicativo “E-título” é uma das novidades dessa eleição. O programa, disponível para aparelhos móveis com iOS ou Android, traz todas as informações do título de eleitor em papel, mas no formato digital.

Quem tiver o aplicativo instalado poderá usar apenas as informações dele para se apresentar nas seções eleitorais. Para ter acesso, é preciso ter o cadastro eleitoral atualizado.

Após a apresentação aos mesários, o eleitor precisa usar as digitais para ter acesso à urna e poder registrar a participação nas eleições deste ano.

Neste ano, 3.216.364 eleitores estão aptos a se identificar com a biometria em Santa Catarina, o que representa 63,44% do eleitorado. Embora a identificação com as digitais esteja disponível nas 295 cidades do estado, somente em 62 esse processo atingirá 100% das pessoas.

No processo biométrico, o caderno com os nomes dos eleitores também traz a foto de quem já atualizou o cadastro com a Justiça Eleitoral. Assim, os mesários já conseguem identificar quem é quem com base nessa imagem, além da própria biometria nas urnas.

Fonte: DC | Foto: Felipe Carneiro

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário