Prefeitura de Timbó viabiliza corte de gastos para gerar mais investimentos na educação

Está em análise na Câmara de Vereadores um projeto do executivo que prevê a economia de R$ 1,6 milhão por ano com a extinção de cargos da administração direta. A medida já faz parte da minirreforma no governo do prefeito Jorge Kruger.

“Com essa economia vamos poder investir mais R$ 1,5 milhão na Educação Municipal, com a contratação de servidores em áreas específicas”.

A partir do ano que vem o município contratará, por processo seletivo, uma equipe multidisciplinar para atender a Educação, formada por um psicopedagogo, um pedagogo graduado em educação inclusiva, um psicólogo e um fonoaudiólogo educacional e mais a contratação de cerca de 50 servidores para o acompanhamento individual de alunos.

Para o secretário de educação, Alfroh Postai, esses novos investimentos na educação infantil e fundamental vão promover mais qualidade no ensino municipal.

“São investimentos importantes do executivo que vão melhorar a qualidade do ensino, priorizando os alunos que precisam de mais atenção e carinho de nossos profissionais. As seis escolas municipais também serão contempladas com uma sala para o atendimento educacional especializado, com um profissional disponível durante o contra turno escolar”.

Fonte: Prefeitura de Timbó/Sócrates Prado | Foto: Gustavo Peyerl

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário