Prefeitura de Timbó já articula contratação de médicos brasileiros

Em decorrência da saída do Programa Mais Médicos, por parte do governo cubano, a Prefeitura de Timbó, através da Secretaria de Saúde e Assistência Social já está mantendo contato com médicos brasileiros, residentes na região do Médio Vale.

Atualmente a Secretaria de Saúde de Timbó possui três médicos cubanos, que prestam serviço no Programa Saúde da Família nas Unidades de Saúde dos bairros Imigrantes, Pe. Martinho Stein, Dona Clara e Tiroleses.

De acordo com a secretária de Saúde, Deise Adriana Nicholleti Mendes, a partir do meio dia desta terça-feira, dia 20, os médicos cubanos, por determinação do governo de Cuba, estão proibidos de prestar qualquer tipo de serviço, muito menos assinar documentos ou requisições médicas, e devem ficar em casa aguardando segundas ordens.

“Infelizmente teremos alguns transtornos nos próximos dias e pedimos a compreensão das famílias. Já estamos buscando outros profissionais para substituí-los”.

Ainda segundo a secretária, os três médicos sempre foram muito atenciosos e profissionais com os pacientes e “deixarão algumas pessoas sentidas com essa saída repentina”, frisou.

Deise preferiu não dar um prazo para que novos médicos comecem a trabalhar, mas espera o quanto antes ter essas vagas preenchidas.

Fonte: Prefeitura de Timbó/Sócrates Prado | Foto: Daiane de Souza

 

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário