Prefeitura de Rio do Sul promove segundo mutirão de castração em novembro

Será no sábado e domingo, 3 e 4 de novembro, o segundo mutirão de castração para gatas e cachorras neste ano em Rio do Sul. Pelo menos 250 cirurgias gratuitas serão feitas nos dois dias, mais uma oferta de 150 procedimentos a preços acessíveis. A ação tem parceria da Prefeitura, Câmara de Vereadores e da União das Associações de Bairros da cidade, além da APAD.

No sábado, 3 de novembro, o atendimento será na Escola de Educação Básica Professor Frederico Navarro Lins, na rua Patrício Noveletto, na Barra do Trombudo. E no domingo, dia 4, é a vez do bairro Barragem, no Centro Educacional Prefeito Luis Adelar Soldatelli. Em ambos os dias, a atividade começa às 7h30 e vai até 17h.

Em cada um dos dias haverá 125 castrações gratuitas e uma cota de até 75 procedimentos em cada um dos dias, só que com uma cobrança pelo serviço. O valor é R$ 155, sendo que serão doados medicamentos para o pós-operatório e cones de proteção.

A castração será feita por veterinários que utilizam uma unidade móvel para cirurgias. Pelo menos 25 pessoas devem trabalhar nos dois dias de mutirão, tanto da parte médica, como equipes das secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social e de Saúde de Rio do Sul.

O mutirão será para cachorras ou gatas, e serão atendidos preferencialmente, animais dos dois bairros onde será realizada a ação. Agentes de Saúde iniciaram um levantamento com as famílias daquela região, fazendo levantamento socioeconômico, divulgando o mutirão e a importância desta ação conjunta.

O prefeito José Thomé adianta que o mutirão é importante e foi muito solicitado depois da primeira edição em julho, nos bairros Taboão e Bela Aliança com 250 atendimentos. “É questão de saúde pública e estamos cientes disso. Ampliamos o recurso de repasse através de edital para a APAD para R$ 8 mil ao mês, pois ela já realiza um trabalho muito sério e comprometido. Mas o mutirão também atenderá famílias carentes que também sabem como é importante o cuidado com os bichinhos e como essa castração ajuda no controle de animais de rua e possíveis abandonos”, salienta.

 

Fonte: Imprensa de Rio do Sul

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário