Prefeito baixa decreto para que ele e demais agentes políticos batam ponto em Chapecó

Por causa da constante queda na arrecadação, conforme a prefeitura, o poder executivo de Chapecó, no Oeste, anunciou na quarta-feira, 31 de outubro, medidas para reduzir os gastos com a folha do pagamento. A primeira delas é o corte emergencial da folha de pagamento. Foi assinado um decreto, que deve ser publicado nesta quinta, dia 1º, no Diário Oficial.

O município quer diminuir o gasto com a folha de pagamento de 51% da arrecadação para 50%. Segundo a prefeitura, o ajuste será em etapas, com avaliação a cada 15 dias, para identificar se há necessidade de novos cortes.

Outra medida anunciada, para melhorar a transparência, é que o prefeito e agentes políticos também vão bater o ponto.

Segundo a prefeitura, um relatório apresentado pela Secretaria da Fazenda mostrou a crescente queda na arrecadação das principais receitas nos últimos meses.

 

Fonte: G1 | Foto: Ilustrativa

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário