Porto Alegre registra alagamento e semáforos fora de operação

A chuva que se manteve pela madrugada e a manhã de sexta-feira, dia 31 de agosto, causou diversos transtornos para o trânsito em Porto Alegre.

Os motoristas tiveram de ter paciência e calma para trafegar. Em algumas vias da Capital, em razão do acúmulo de água, os condutores enfrentaram trânsito lento e congestionado.

Um dos pontos mais complicados era o cruzamento entre as ruas Sarmento Barata e 18 de novembro, na zona Norte da Cidade, que tradicionalmente em dias de chuva forte fica completamente alagada.

Equipes do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) estiveram no local e abriram a tampa de um bueiro na Sarmento Barata, o que permitiu o escoamento da água.

O trecho é usado como desvio para os motoristas que vêm da BR 116, da avenida dos Estados e do Porto Alegre Airport – Aeroporto Internacional Salgado Filho – e que pretendem acessar a avenida Ceará e a Terceira Perimetral.

Na avenida Plínio Kroeff com a avenida Francisco Silveira Bittencourt, também na zona Norte, o trecho também ficou completamente alagado.

A Voluntários da Pátria, junto à esquina com a Barros Cassal, próximo ao Túnel da Conceição, no Centro, amanheceu tomada pela água. Nesse trecho, os motoristas foram obrigados a reduzir a velocidade para conseguir passar.

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) registrou, desde o início da manhã, 11 pontos com acúmulo de água, nenhum com bloqueio total de via, e 11 semáforos com interrupção no funcionamento.

A recomendação dos agentes aos motoristas em razão da continuidade da chuva era redobrar a atenção e ampliar a distância regulamentar dos veículos, em razão da pista molhada.

No Centro de Porto Alegre, foram registrados pontos com acúmulo de água, todos sem bloqueio de via, nas avenidas Erico Verissimo e João Pessoa, junto à Estação Vavá (próximo das faculdades de Economia e Direito da Ufrgs). Na zona Norte, ainda foram registrados alagamentos na rua João Pedro Boéssio (toda a extensão), avenida Emílio Lúcio Esteves com avenida Sertório; rua Edu Chaves com a rua 25 de Fevereiro; avenida A. J. Renner com rua Dona Teodora e avenida Brasiliano Índio de Moraes próximo ao viaduto Obirici. Já zona Leste, na rua Guilherme Alves quase no cruzamento com a avenida Ipiranga, no sentido Centro/bairro, havia acúmulo de água.

Fonte: Rádio Guaíba | Foto: Mauro Schaefer

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário