Ponte pênsil que liga os Bairros Gaspar Grande e Gasparinho é liberada para uso, em Gaspar

Após ficar quase dois meses interditada, a ponte pênsil que liga a rua Ponte Serrada, do bairro Gasparinho ao Gaspar Grande, foi liberada pela prefeitura nesta semana e a comunidade já pode utilizá-la normalmente. Mais conhecida como “pinguela”, a ponte havia sido fechada em junho para que a equipe da secretaria de Obras executasse a obra de revitalização, já que a travessia estava em péssimas condições e apresentava sérios riscos às pessoas. A ponte, que diminui o trajeto entre os bairros, é bastante utilizada pela comunidade, principalmente estudantes.

A obra de revitalização, a primeira desde que a ponte foi inaugurada há quase 30 anos, contou com a substituição total dos cabos de sustentação, piso de madeira, rede de proteção, nova pintura, instalação de calçada e, também, melhorias na iluminação. “Fizemos toda a revitalização da pinguela, a primeira desde a construção da ponte, para dar segurança e condições de uso para toda a comunidade, tanto do Gaspar Grande como do Gasparinho”, ressalta o prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall. A reforma da ponte teve um custo aproximado de R$ 65 mil em recursos próprios da prefeitura.

O morador da localidade, Luiz Pereira, reforça a importância da ponte e lembra que a comunidade solicitava a reforma há muito tempo. “Essa pinguela é uma benfeitoria muito boa para nós. Até hoje ninguém tinha feito uma reforma dessa. O serviço ficou ótimo e estou muito contente. Tenho meu filho que sempre usa a ponte para ir para a escola, minha esposa para o trabalho, assim como toda a comunidade. A travessia é muito importante para nós”, finaliza.

 

Fonte: Jornal Metas

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário