Polícia Militar de Santa Catarina desencadeia operação “Varejo – II” – Combate ao Comércio Ilegal de Cigarros

Nesta quinta feira, 11 de julho, a partir das 08h da manhã, a Polícia Militar de Santa Catarina desencadeou a operação “Varejo II”, a qual tem o propósito de combater o comércio ilegal de cigarros em todo o Estado.

Além disso, a operação prevê ainda apreender demais materiais de procedência duvidosa – produtos de descaminho ou contrabando – armas de fogo, entorpecentes e, a prisão e apreensão de eventuais infratores.
Santa Catarina vem contabilizando conseqüentes prejuízos no tocante a venda de cigarros contrabandeados para consumo no Estado.

Segundo levantamento da Secretaria da fazenda de Santa Catarina, o estado deixa de arrecadar mensalmente R$ 7 milhões, os quais perfazem o montante anual de R$ 84 milhões.

Em Santa Catarina, 48% dos cigarros que circulam são clandestinos, representando R$175 milhões não arrecadados.​

Três municípios que compõem a GEIn (Indaial, Timbó e Pomerode) – também participaram da operação, que contou com um efetivo de 20 Policiais Militares em 08 viaturas, bem como teve apoio de outros órgãos (Procon e Setor de Tributos e Postura das prefeituras), obtendo o seguinte resultado:

– 50 pessoas abordadas;
– 185 carteiras de cigarro do Paraguai apreendidas;
– 03 bares fechados por falta de Alvarás;
– 01 Termo Circunstanciado por jogo de azar;
– 31 estabelecimentos vistoriados;
– 329 pares de tênis da Nike e Adidas,aparentemente falsificados, apreendidos.

 

Redação Misturebas
Fotos: PM

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário