Polícia Militar de Gaspar e Ilhota prendem dois bandidos após assalto, em Ilhota

Uma ação conjunta da Polícia Militar de Gaspar e de Ilhota resultou na prisão de dois ladrões no início da tarde desta terça-feira, dia 30 de outubro. Os criminosos foram detidos após assaltarem uma residência no bairro Baú Central, em Ilhota.

De acordo com informações, os soldado Matheus e o cabo Tales, da PM de Gaspar, estavam almoçando no bairro Poço Grande, em Gaspar, quando foram informados sobre o assalto. Imediatamente, os dois seguiram em direção ao local, acessando a BR-470 através da Ponte de Ilhota e seguindo em direção ao Baú Central. Neste momento, a guarnição de Gaspar recebeu a informação de que os bandidos estavam em fuga pela BR, no sentido Ilhota – Gaspar, e que a PM de Ilhota, com os sargentos Emerson e Ferretti, também estava atrás dos criminosos.

Em determinado ponto da fuga, ainda enquanto estavam no Baú Central, um dos criminosos saltou do carro e fugiu pelo mato. Ele foi perseguido a pé pelo sargento Ferretti, que conseguiu captura-lo.

Enquanto isso, a guarnição de Ilhota seguiu atrás do veículo em fuga. A viatura da PM de Gaspar chegou a fechar a BR no sentido contrário, porém o criminoso passou pela barreira em alta velocidade. A perseguição voltou a ser iniciada, agora com a PM de Gaspar. Em velocidade de cerca de 180 km/h e realizando diversas ultrapassagens e manobras perigosas, o bandido acessou Gaspar através da rua Hercílio Fides Zimmermann. Ao tentar passar pela Ponte Hercílio Deeke, o criminoso perdeu a direção do carro e colidiu na lateral da ponte. Neste momento, ele foi pego pela PM.

Bruno César Dias de Lima e Bruno Melo Maçaneiro, ambos de 20 anos, foram levados à Delegacia de Polícia Civil de Gaspar e autuados em flagrante. Após os procedimentos legais, eles foram levados ao Presídio Regional de Blumenau.

O assalto

Segundo a PM, durante o assalto à residência no bairro Baú Central, em Ilhota, os bandidos fugiram sem levar nada da casa. Isso porque eles foram vistos pela família no momento em que iam começar a furtar os objetos e fugiram em seguida.

O carro utilizado no crime era um Siena, com registro de furto em São João Batista. O veículo estava com a placa adulterada.

 

Fonte: Cruzeiro do Vale | Foto: Reprodução

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário