Operação do Exército fiscaliza proprietários de armas e estabelecimentos em Santa Catarina e Paraná

Ação foi batizada de “Alta Pressão 6”. Nos dois estados, mais de 21 mil são autorizados a terem armas.

A 5ª Região Militar do Exército Brasileiro, responsável pelos estados de Santa Catarina e Paraná, deflagrou nesta terça-feira, dia 19 de junho, uma operação de fiscalização de regularidade na comercialização de armas.

A operação denominada de “Alta Pressão 6” deve se estender ao longo da semana, segundo a 5ª RM.

Em Santa Catarina, são 712 empresas e mais de 9 mil pessoas autorizados a ter armas como colecionadores, atiradores e caçadores. Conforme o Exército, nos dois estados são 3 mil empresas autorizadas e 21 mil proprietários.

“A importância é evitar o desvio de munições por parte dessas empresas e a venda ilegal desse material”, disse o tenente-coronel Paulo Roberto Aguiar da Costa, que atua como chefe do serviço de fiscalização de produtos controlados da 5ª RM.

Ainda segundo o Exército, a operação ocorre simultaneamente em outros estados do país. Em 2017, foram autuadas 21empresas em Santa Catarina.

Fonte: Portal G1 | Foto: Divulgação

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário