Operação da Polícia Civil prende traficante que atendia classe alta no Litoral de Santa Catarina

Homem seria o fornecedor de moradores de áreas nobres em Itajaí e Balneário Camboriú

A Polícia Civil prendeu na quinta-feira, dia 30 de agosto, um homem acusado de tráfico de drogas no Litoral Catarinense. Batizada de “Operação Playboy”, a ação mirou o fornecimento de drogas para pessoas de classes média e alta em Balneário Camboriú e Itajaí.

A investigação foi feita pela Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú.

O suspeito foi preso enquanto deixava um apartamento na Rua 3850, na Barra Sul em Balneário Camboriú.
Segundo a investigação, ele alugava apartamentos de alto padrão na área nobre da cidade para despistar a polícia e frequentar os mesmos ambientes que os clientes.
De acordo com a polícia, a maior parte das vendas do traficante eram para pessoas de classe alta, que compravam em valores superiores à média.

No momento da abordagem o homem estava carregando quatro pacotes de ecstasy e no apartamento foram localizados 3,7 quilos de cocaína, 1,9 quilos de maconha, 1500 comprimidos de ecstasy, 57 gramas de MD, 200 micropontos de LSD, carregadores de pistolas, munições, balança de precisão de material para embalar as drogas.

O traficante foi preso em flagrante e encaminhado para o presídio da Canhanduba.

Fonte: JSC | Foto: Polícia Civil / Divulgação

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário