Obra de prolongamento da Via Expressa de Blumenau não tem data para recomeçar

Não há data definida para a abertura dos envelopes com as propostas técnicas das empresas que participam da licitação para escolher a responsável pela supervisão da obra de prolongamento da Via Expressa, em Blumenau. Infelizmente, essa fase do processo foi suspensa depois que um das participantes questionou a habilitação de uma concorrente e o caso está em análise na Comissão de Licitação e no departamento jurídico da Secretaria de Estado da Infraestrutura.

O secretário Paulo França deixou de arriscar uma previsão para o reinício da importante obra. Diz estar de “mãos atadas”, enquanto os questionamentos não forem analisados ou até que novos questionamentos deixem de surgir no processo de licitação.

Vale lembrar que enquanto não houver empresa contratada para supervisionar os trabalhos na região Norte da cidade, não há possibilidade de continuar com a obra iniciada ou mesmo começar a construção do novo viaduto.

Obra

O prolongamento da Via Expressa vai dar origem à nova SC-108 e terá cerca de 15 quilômetros de extensão. A obra no primeiro trecho de 1,8 quilômetro, entre a BR-470 e a Rua Guilherme Scharf, parou em setembro do ano passado devido a um impasse na medição dos serviços prestados. Agora falta contratar a empresa que fará a supervisão dos trabalhos.

Pelo andar da carruagem, os trabalhos serão retomados só em 2019.

 

Fonte: NSC | Foto: Patrick Rodrigues

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário