Ministro vem a Gaspar para anunciar liberação de recursos

O município será incluído no Prodetur + Turismo, que abre linhas de crédito para financiamentos no setor

Gaspar recebe, na tarde desta quinta-feira, dia 21 de junho, a visita do ministro do Turismo, o catarinense Vinícius Lumertz da Silva.

Ele vai se encontrar com o prefeito Kleber Wan-Dall, a partir das 17 horas, no auditório da prefeitura. O evento é aberto à comunidade.

O ministro traz três boas notícias para Gaspar na área do turismo. A primeira é a inclusão do município no Programa de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo, o Prodetur + Turismo.

O objetivo do governo federal é apoiar estados e municípios no acesso a linhas de financiamento com prazos e juros diferenciados de instituições parcerias como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Segundo Lumertz, o governo vai liberar R$ 5 bilhões para investimentos em projetos de iniciativa privada e pública.

Os projetos e ações beneficiados pelo Prodetur + Turismo serão identificados com o Selo + Turismo, indicativo de alinhamento da proposta com a Política Nacional de Turismo, com o Plano Nacional de Turismo 2018 – 2022 e com as diretrizes do programa.

Durante a visita de Lumertz será também anunciada a liberação de R$ 1.700.000,00 em recursos para obras de infraestrutura em Gaspar.

Cerca de 400 mil serão destinados para a conclusão da pavimentação da Rua Itália, principal via de acesso ao roteiro Vila D´Itália, até a capela Santo Antônio, no bairro Alto Gasparinho.

A outra obra se refere à construção de uma praça de eventos no bairro Bela Vista.

O custo é estimado em R$ 1,3 milhão. Segundo o prefeito Kleber Wan-Dall, os recursos que virão para Gaspar são fruto de visitas feitas ao ministério do Turismo no início deste ano.

Homenagem

O ministro Lumertz também vem ao Vale do Itajaí nesta quinta-feira, dia 21, para receber uma homenagem dos sindicatos empresarias e entidades de classe de Blumenau e região.

A homenagem, seguida de jantar, acontece no Teatro Carlos Gomes, em Blumenau, a partir das 20h. Catarinense de Rio do Sul, Lummertz adotou Blumenau como lar em boa parte de sua vida.

Já há alguns anos, defende que Blumenau invista em sua marca, sinônimo de excelência em todo o país e no exterior.

“Blumenau é uma ideia, não é só um espaço físico. É um conceito que precisa descer o rio Itajaí”, discursa. Recentemente, Lumertz participou do Congresso da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori/SC), onde falou sobre a internacionalização do turismo.

“Não estamos mais num estado bruto, mas num estado estético”, foi uma das afirmações do ministro, que disse ainda temer que Santa Catarina não será discutida na próxima campanha eleitoral.

Para Lumertz, a crise no país é profunda, pois vivemos no país do diagnóstico errado. “Existe um grande debate sobre pouca coisa”, observa.

Lummertz, 57 anos, é formado em Ciências Políticas pela Universidade Americana de Paris, com cursos de gestão na Kennedy School, da Harvard University; no IMD de Lausanne, Suíça; e possui MBA-Executivo na Amana Key, em São Paulo.

À frente do ministério do Turismo desde abril, ele já atuou como secretário Nacional de Políticas de Turismo do Ministério do Turismo, de setembro de 2012 a maio de 2015, e presidiu o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) entre junho de 2015 e março de 2018.

Durante a homenagem, existe a expectativa de que o ministro anuncie recursos de R$ 4,5 milhões para revitalizar a Prainha, em Blumen.

Fonte: Jornal Metas | Foto: Alex Ferreira

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário