Mais de 120 pinguins são encontrados mortos entre praias de Bombinhas e Barra Velha

Apenas um pinguim foi recolhido vivo na quinta-feira, 13 de setembro, no Litoral Norte Catarinense, quando ao menos outros 120 apareceram mortos entre as praias de Bombinhas e Barra Velha. Os animais foram levados para a Unidade de Estabilização de Animais Marinhos, da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Penha, na mesma região, para necropsia.

Outros pinguins mortos foram achados nesta sexta, 14 de setembro, mas os técnicos do Monitoramento de Praias não haviam contabilizado o total de corpos até a publicação desta notícia.

A maioria dos 120 pinguins recolhidos havia morrido há mais de uma semana, conforme avaliação dos pesquisadores da Univali. Entre as explicações dos estudiosos para o aparecimento dos corpos de tantos animais em um mesmo dia estão a presença de vento e o movimento da maré. Os pesquisadores verificaram que os pinguins estavam magros, fracos e sem alimento no estômago.

“Por eles estarem fracos estão propensos a uma série de doenças, estão imunodeprimidos. Então tem alguma proliferação de parasitas que está acontecendo nesses animais. Eles acabam ficando muito fracos e não têm condições de nadar corretamente e acabam se afogando. Como eles têm a respiração pulmonar, respiram como a gente, podem acabar de afogando na água por estarem muito fracos e não terem condições de nadar”, disse o coordenador do Projeto Monitoramento de Praias Jeferson Luís Dick.

Os pesquisadores acreditam que os animais ficaram fracos porque faltaram peixes para se alimentarem no mar. Eles ainda buscam descobrir se isso aconteceu em função de uma sobrepesca ou devido a mudanças climáticas.

Os animais recolhidos na quinta são pinguins jovens, com cerca de um ano, comuns nessa época do ano no litoral, vindos da Patagônia, na Argentina, atrás de alimentos.

Desde o início do ano até semana passada, cerca de 340 pinguins vivos e mortos foram recolhidos pelo Projeto de Monitoramento de Praias, que monitora praias desde Governador Celso Ramos até Barra Velha. Essa é a primeira vez que aparecem tantos pinguins mortos, de uma só vez, nessa região.

 

Fonte: NSC TV | Foto: Luiz Souza

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário