Intervenção do Grupo de Teatro da FIC em Indaial mobiliza pessoas a refletirem sobre o que elas fazem pelo meio ambiente

Neste mês dedicado ao Junho Verde diversas ações são promovidas para fazer com que as pessoas reflitam sobre suas ações perante o meio ambiente.

Em uma dessas atividades, o Grupo de Teatro Trapos e Farrapos, da Fundação Indaialense de Cultura, realizou intervenções cênicas, uma na região central de Indaial, no dia 9 de junho, e outras duas em supermercados, nos dias 10 e 17.

Denominada de “Ação Repórter”, os personagens de André Lopes, Emely Wolter, Thaís Weingartner e Ycaro Corrêa, caracterizados como repórteres, questionavam as pessoas sobre o que elas faziam pelo meio ambiente.

“Perguntamos, por exemplo, se elas fechavam a água da torneira enquanto escovavam os dentes. O repórter parabenizava o cidadão que fechava a torneira. Para quem não fechava, era explicado o quanto ele consumia de água por mês a mais somente nesse ato, prejudicando o meio ambiente e gastando dinheiro”, explica Liziane Largura, responsável pela direção do Grupo.

De acordo com Liziane, houve boa receptividade do público quanto à ação.

“A maioria sabia destinar seu lixo. No caso do lixo eletrônico havia grande desconhecimento sobre onde descartar. A informação de que em frente ao Fórum há um ponto de coleta foi útil para a maioria dos entrevistados. Sobre o óleo de cozinha quase 100% sabe onde descartar, levando em cooperativas, por exemplo, para que ele seja reutilizado”, avalia.

 

 

Fonte: Imprensa de Indaial | Foto: Divulgação

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário