Imagens de monitoramento mostram que o incêndio em cartório no Centro de Indaial teria sido criminoso

Um incêndio queimou cerca de 70% dos documentos que estavam no arquivo morto do Tabelionato Moser, em Indaial, neste fim de semana. O caso ocorreu na noite de sábado para domingo e, segundo o proprietário Acácio Moser, mais de 400 caixas foram queimadas pelo fogo.

O Instituto Geral de Perícias esteve no local na segunda-feira, 1 de outubro, analisando a cena e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil. Segundo Moser, câmeras de vigilância do cartório mostram a ação de duas pessoas que invadem o local e iniciam o fogo. As imagens já foram encaminhadas para a polícia.

Conforme Moser, o incêndio atingiu somente o arquivo morto e destruiu documentos que estavam guardados pelo menos desde 2011. Eram cópias ou originais de papéis utilizados em certidões, escrituras, inventários, documentos de compra e venda, divórcios, entre outros.

 

Fonte: JSC

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário