Homem dado como morto pela família é suspeito de assaltar a irmã, em São Bento do Sul

Um homem, de 56 anos, dado como morto pela família é suspeito de assaltar a casa da irmã, em São Bento do Sul, no Planalto Norte de Santa Catarina. De acordo com a Polícia Militar, o nome do homem constava no sistema policial apontando seu óbito.

O caso aconteceu na manhã de segunda feira, no bairro Rio Vermelho Povoado. A vítima relatou à PM que reconheceu o irmão durante o assalto. Além dele, outras duas mulheres também teriam participado da ação – uma delas era a namorada do homem dado como morto.

A vítima ainda informou aos policiais que o irmão teria chegado a casa em um carro preto, ficando dentro do automóvel. Já as mulheres bateram na porta pedindo informações. Neste momento, elas anunciaram o assalto. Uma delas estava armada com um revolver, segundo relatado à polícia.

O trio levou cerca de R$ 5 mil em dinheiro da casa, duas alianças de casamento e dois celulares. A PM identificou o veículo utilizado durante assalto e realizou buscas na região após o ocorrido, mas os suspeitos não foram encontrados.

 

Fonte: NSC | Foto: Salmo Duarte

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário