Governador autoriza repasses e libera licença ambiental para a nova ponte no Centro em Blumenau

Eduardo Pinho Moreira (MDB) participou de ato na prefeitura pela manhã e inaugura nova ala de hospital à tarde

O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) participou de uma cerimônia para a liberação de recursos na manhã desta sexta-feira, no salão nobre da prefeitura, em Blumenau.

A principal novidade anunciada foi a assinatura da licença ambiental para a construção da Ponte Norte-Sul, entre as ruas Itajaí e Paraguay, ligando os bairros Vorstadt e Ponta Aguda.

A licença era uma das pendências para a liberação da obra, que chegou a ter a licitação lançada em setembro do ano passado, mas foi suspensa 11 dias depois por uma decisão liminar da Justiça Federal.

A licença ambiental do Instituto do Meio Ambiente (IMA), órgão estadual, era uma das pendências porque até o lançamento da licitação o município tinha apenas a autorização da Fundação do Meio Ambiente (Faema), órgão municipal, para construir a nova ponte na região central.

Ainda nesta semana a prefeitura chegou a enviar respostas solicitadas pelo órgão, mas nesta sexta-feira a licença foi assinada na presença de uma representante do IMA.

O governador também assinou um termo de compromisso com o programa Entra21, do Blusoft (R$ 800 mil para a edição 2018 do curso), repasse para o Projeto Inventário Florístico Florestal da Furb (R$ 300 mil) e uma ordem de serviço para a reforma da EEB Padre José Maurício, no bairro Progresso.

Além disso, anunciou que o Estado irá manter os repasses mensais de R$ 740 mil para custeio do Hospital Santo Antônio.

Centro de Convenções e Margem Esquerda

O governador também foi cobrado sobre outras obras pleiteadas para Blumenau.

A principal delas foi a construção do Centro de Convenções, que ficará dentro do Parque Vila Germânica e permitirá a captação de mais eventos corporativos para a cidade.

Pinho Moreira afirmou que o projeto já foi aprovado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES) e que no momento falta a liberação dos R$ 18 milhões necessários para a obra por parte do banco.

O pagamento do financiamento será feito pelo governo do Estado. Nem no caso da nova ponte do Centro nem no Centro de Convenções o governador e o prefeito arriscaram dar prazos para o início das obras.

O presidente do Parque Vila Germânica, Ricardo Stodieck, afirmou à reportagem que acredita que a obra possa ser licitada ao longo do segundo semestre e iniciada em janeiro do próximo ano.

Pinho Moreira ainda falou sobre a segunda fase das obras de recuperação da Margem Esquerda do Rio Itajaí-Açu, no bairro Ponta Aguda.

O trecho recebeu obras de contenção, mas a etapa completa do projeto que prevê a revitalização do local, no lado oposto à Avenida Beira-Rio, ainda não tem previsão para sair do papel.

Pinho Moreira disse que a prioridade da cidade foi dada ao Centro de Convenções e antecipou apenas que o município pode receber um valor de R$ 5 milhões em uma visita próxima do ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, “nos próximos dias”, segundo o governador.

Segundo Hildebrandt, esse recurso permitirá a execução das obras no trecho da Prainha.

O restante do valor necessário para a obra seria buscado com uma nova fonte, o Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), com recursos de financiamento com cinco anos de carência e 20 anos para pagamento.

À tarde, o governador segue na cidade e inaugura uma nova ala do Hospital Misericórdia, na Vila Itoupava. Serão 82 novos leitos com novos consultórios, em um investimento de R$ 4 milhões do governo do Estado.

Fonte: JSC | Foto: Jean Laurindo

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário