Gestantes e trabalhadores da saúde são os que menos se vacinaram contra a gripe em Blumenau

Campanha de vacinação da rede pública na cidade vai até sexta-feira, dia 8 de junho

Nos últimos dias da campanha de vacinação contra a gripe em Blumenau, as gestantes e os trabalhadores da saúde são os grupos que menos buscaram a dose até agora.

Ao todo, segundo o novo levantamento divulgado pela secretaria de Saúde do município, 86,5 mil pessoas já se vacinaram na cidade, o que representa 81,2% do público previsto pelo governo em Blumenau.

A campanha termina na sexta-feira e a meta do município é atingir 90% do público-alvo.

Entre os grupos de risco, o balanço aponta que os idosos são os que mais se vacinaram (105,6% do esperado), seguidos pelos professores (89,3%), puérperas (77,3%) e crianças (71,5%).

A situação mais preocupante é entre as gestantes (apenas 61,1% se vacinaram) e trabalhadores da saúde (62,4%).

A vacinação gratuita pode ser feita até sexta nas unidades de saúde com sala de vacina e nos sete Ambulatórios Gerais de Blumenau, que estão atendendo em horário normal.

Até o momento, 12 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) gerados pelo vírus influenza foram registrados em Blumenau.

Destes, dez são moradores da cidade (todos com H1N1), uma pessoa é de Rodeio (com o vírus H3N2) e outra de Jaraguá do Sul (H1N1). Três vieram a óbito – duas de Blumenau (homem de 54 anos e menina de um ano) e uma de Jaraguá do Sul (mulher de 47 anos).

Quem tem direito à vacina contra a gripe na rede pública:

– idosos com mais de 60 anos;
– crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos;
– gestantes;
– puérperas (até 45 dias após o parto);
– trabalhadores da saúde;
– professores das redes pública e privada;
– povos indígenas;
– portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais.

Fonte: JSC | Foto: Patrick Rodrigues

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário