Especialistas em lavagem de dinheiro integram operação contra o tráfico nos portos

Quatro grupos criminosos utilizavam portos de SC para enviar cocaína ao exterior

Uma equipe da Receita Federal especializada em lavagem de dinheiro ligada à superintendência da 9ª Região Fiscal, em Curitiba, virá a Itajaí para analisar o material apreendido pela Polícia Federal nas operações Contentor e Oceano Branco, deflagradas na terça-feira contra o tráfico internacional de drogas.

Os grupos criminosos utilizavam os portos catarinenses para o envio de cocaína para o exterior, principalmente à Europa.

Documentos e contas de oito suspeitos e de sete empresas, supostamente ligadas às quadrilhas, serão alvo de perícia fiscal.

 

Fonte: PRF 191 SC | Foto: Lucas Correia

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário