Dilma depõe como testemunha de Lula nesta sexta-feira

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) deve prestar depoimento ao juiz Sergio Moro, por videoconferência, em Porto Alegre, na tarde desta sexta-feira, dia 29 de junho.

Dilma é testemunha de defesa do também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na ação do sítio de Atibaia (SP), no âmbito da Operação Lava-Jato.

O depoimento da petista está marcado para as 15h na 7ª Vara Federal da capital gaúcha, segundo a assessoria de comunicação da Justiça Federal do Rio Grande do Sul.

Na quinta-feira, dia 28, Dilma confirmou que será candidata ao Senado por Minas Gerais nas eleições de 2018.

O caso de Atibaia representa a terceira denúncia contra Lula na Lava-Jato. O ex-presidente é réu pelos supostos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo a investigação, a Odebrecht, a OAS e também a empreiteira Schahin, com o pecuarista José Carlos Bumlai, desembolsaram cerca de R$ 1 milhão em obras de melhorias no sítio em troca de contratos com a Petrobras.

Preso em Curitiba (PR), Lula negou em mais de uma ocasião estar envolvido em irregularidades.

Fonte: DC | Foto: Félix Zucco

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário