Defesa Civil de Rio do Sul recebe prêmio nacional por iniciativa que envolve as escolas

A Defesa Civil de Rio do Sul foi uma das contempladas no prêmio “Cemaden Educação – Aprendendo para Prevenir”, realizado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. A lista de premiados inclui iniciativas de várias cidades do país que contribuem através de projetos aplicados em escolas com a geração de uma cultura da percepção de riscos de desastres, no contexto da educação ambiental e da construção de sociedades sustentáveis e resilientes.

A capital do Alto Vale inscreveu o projeto: Proteção e Defesa Civil nas Escolas: A interdisciplinaridade da educação. Através de visitas e apresentações a alunos do 5º ano dos Centros Educacionais Willy Schleumer, no Taboão e Daniel Maschio na Itoupava, o objetivo foi ampliar o conhecimento perante a Defesa Civil e seu funcionamento, implantar ações educativas, despertar a percepção de risco e formar agentes mirins.

As escolas ganharam ainda pluviômetros para que os próprios alunos possam ter conhecimento acerca dos dados e entender a situação vivida pela cidade de Rio do Sul que há anos vem sendo atingida por enchentes.

O prêmio da cidade será um certificado digital e um kit educacional contendo livros, cartilhas e outras publicações sobre Educação em Redução de Riscos de Desastres, podendo já ser utilizado em atividades a partir do próximo ano.

“O projeto é para que os alunos tenham desde cedo a consciência de que a preservação ambiental e a participação da sociedade na prevenção. A ideia é despertar o senso de percepção de risco”, explica o coordenador da Defesa Civil, Moacir Cordeiro.

Já aplicado em duas unidades de ensino, o projeto deve crescer em 2019. Há um projeto para extensão para até cinco unidades. O planejamento de quais escolas devem participar ainda não está finalizado.

 

Fonte: Imprensa de Rio do Sul | Foto: Ilustrativa

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário