Defesa Civil aponta três medidas emergenciais no casarão abandonado da Rua XV, em Blumenau

A Defesa Civil de Blumenau vai entregar à Procuradoria-Geral do Município nesta terça-feira um laudo que aponta três medidas emergenciais a serem tomadas no casarão abandonado, no número 41 da Rua XV de Novembro, que fica ao lado do Museu de Hábitos e Costumes.

Segundo o documento, a primeira medida solicitada é a criação de mecanismos pra evitar o colapso da estrutura do casarão, pois há o risco de dano às edificações vizinhas caso o imóvel venha a cair. O laudo pede também que seja recuperado o telhado da edificação ao menos junto às divisas com outros imóveis, para evitar infiltração de água.

A terceira ação emergencial pedida pela Defesa Civil é um sistema de proteção na área frontal do casarão, com tela ou tapume, a fim de evitar que possa ocorrer deslocamento de alguma parte do imóvel e possa atingir quem transita na calçada da Rua XV de Novembro.

Segundo a Procuradoria-Geral do Município o processo está em análise e com o laudo serão avaliadas as medidas para resolver o problema do casarão da Rua XV. O diretor da Procuradoria-Geral do Município, Rodrigo José Silveira, acredita que a análise deve ser finalizada até a próxima semana.

​O presidente da Fundação Cultura de Blumenau, Rodrigo Ramos diz que preventivamente vão retirar algumas estruturas e estantes que estão próximas da parede do Museu de Hábitos e Costumes, que fica colada com o imóvel abandonado. A medida visa reduzir os danos causados pela infiltração, que tem afetado o museu há cerca de dois anos.

 

Fonte: NSC | Foto: Patrick Rodrigues

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário