Conselho Tutelar recomendou afastamento dos gestores que sabiam dos casos de maus tratos em Creche de Apiúna

O Colegiado do Conselho Tutelar da Cidade de Apiúna recomendou através de sugestão ao prefeito Gerson Gonçalves e a Secretária de Educação e Cultura, Fabíola Gonçalves Cunhaque, o imediato afastamento da direção da Creche Caroline do Nascimento, pois segundo os conselheiros a direção do educandário tinha conhecimentos dos casos de maus tratos, ficou inerte, tentou encobrir o caso, ao mostrar outras imagens aos pais e ainda tentou dificultar o trabalho o órgão.

O Conselho Tutelar encaminhou o caso de maus tratos a Promotoria da Comarca de Ascurra, Conselho de Crianças e do Adolescente e a Polícia Civil investiga o caso.

Depois da primeira manifestação do Conselho Tutelar foi aberto através da Portaria n° 0126/2018 um Processo Administrativo Disciplinar que apura a responsabilidade dos servidores Jucélia Bertoli e Janaína Aparecida Guimarães Moser no caso, porém as servidoras permanecem atuando normalmente no educandário.

Em oficio o Conselho diz “no primeiro caso de maus tratos, porém houve uma tentativa de embaraçamento do trabalho…a instituição mostrar imagens que segundo os pais,não condizia com as imagens…recebemos denúncia de um segundo suposto maus tratos na mesma instituição…ao solicitar imagens para averiguar houve a negativa…Diante da inércia da direção, o colegiado sugeriu o afastamento das mesmas (direção), já que tinham conhecimento dos fatos e embaraçou o nosso trabalho”.

O documento encaminhado à imprensa é datado de 09 de abril e vem assinado pelos Conselheiros: Patrícia Santos de Jesus, Nicolle Antunes, João Maba, Elton Sidnir da Cruz Santos e Janete T. Steinheuser.

Fonte: Judson Lima/ Nova FM | Foto: Reprodução

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário