Com amanhecer gelado, sexta-feira permanece com chance de neve em Santa Catarina

A possibilidade de neve segue até o fim da manhã desta sexta-feira, 10 de agosto, na Serra catarinense. O fenômeno ocorre com o avanço de uma massa de ar frio por Santa Catarina e causa queda nas temperaturas.

Além disso, um ciclone em alto mar, é responsável pela umidade que chega até a Serra catarinense e permite precipitações, que podem ocorrer em forma de chuva ou neve.

No Morro das Torres, no ponto mais alto de Urupema, na Serra catarinense, amanheceu com temperatura negativa, sendo que a mínima às 7h chegou a -1°C com a sensação térmica de -5,4°C.

A vegetação ficou toda branca coberta com a formação de sincelo, outro fenômeno característico da região que ocorre quando o nevoeiro congela ao tocar alguma superfície, como as árvores e plantas.

Em São Joaquim, apesar da temperatura positiva de 0,7°C a sensação térmica é de -8°C, já que na cidade registrou por volta das 7h fortes rajadas de vento.

O tempo fica encoberto a nublado no início do dia, melhorando com sol no decorrer do período, em todas as regiões.

No Sul catarinense, condição de chuva fraca e isolada no início do dia. Há previsão de ressaca no Litoral.

Foto: Gabriela Machado

Neve na Serra

Os registros de neve, com imagens e vídeos, ocorreram na tarde de quinta-feira, 9 de agosto, em pelo menos três cidades catarinenses: Urupema, Urubici e São Joaquim. Até o final da manhã há expectativa de neve novamente para essas cidades.

O frio segue forte nesta sexta, com destaque para o Oeste e região Serrana. Segundo a Epagri/ Ciram, por volta das 6h as mínimas marcaram:

No Morro da Igreja, entre os municípios de Urubici e Bom Jardim da Serra, a temperatura é de -0,4°C com sensação térmica de -4,7°C;
Em São Joaquim a temperatura é de 1,4°C com sensação térmica de -5,6°C;
Em Água Doce a temperatura é de 1,6°C com sensação térmica de -5,7°C;
Em Tangará a temperatura é de 2,6°C com sensação térmica de -4,2°C;
Em Campo Belo do Sul a temperatura é de 4,3°C com sensação térmica de -1,9°C.
Conforme a Central NSC de Meteorologia, a sensação térmica é um dado calculado, que leva em consideração a temperatura do ar e a velocidade do vento. “Só é possível fazer esse calculada nos locais onde há medição dessas duas variáveis meteorológicas”, afirma a técnica em meteorologia Bianca Souza.

Alerta da Marinha

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), emitiu um aviso nesta sexta sobre o vento intenso de direção Nordeste a Noroeste rondando para direção Noroeste a Sudoeste de até 87 km/h, com rajadas, nas proximidades do litoral do estado do Rio Grande do Sul e do Litoral Sul de Santa Catarina, até o sábado durante a noite.

Há previsão de ressaca com ondas de direção Sul a Sudeste entre 2,5 e 3,0 metros de altura, entre as cidades de Chuí (RS) e Florianópolis, a partir da tarde até o domingo, 12 de agosto, pela manhã.

 

Fonte: Portal G1 | Foto: Gabriela Machado

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário