Bombeiros Voluntários de SC participam de Encontro Mundial de Trauma na África do Sul

O serviço de bombeiro sempre foi e continuará sendo um trabalho de grande reconhecimento em todo o Brasil, e para este trabalho continuar sendo destaque para com a sociedade, as constantes evoluções necessitam serem empregadas nas unidades de bombeiros, não sendo diferentes nas Corporações de Bombeiros Voluntários.

Em Presidente Getúlio, a Corporação atua desde 2002 e é nítida a evolução física e de capacitação técnica das equipes de bombeiros. As capacitações constantes e atualizações para os bombeiros são necessárias, proporcionando assim um melhor atendimento para aquele que necessita diante de uma situação vulnerável.

Este ano, uma equipe de bombeiros de Presidente Getúlio, participou do Curso de Socorristas, proporcionado pela Corporação de Ibirama e ministrado pelo Instituto Federal Catarinense Capus Camboriú, capacitando durante meio ano socorristas qualificados com os mais atualizados protocolos de referência no atendimento pré-hospitalar. Além deste curso, outros treinamentos e cursos específicos são realizados para a atualização constante dos conhecimentos.

Os Bombeiros Voluntários são referência a nível nacional também quando se fala em capacitação técnica, com a participação em desafios e demais provas que mostram o desempenho de equipes nas mais diversas situações. A exemplo disto, a dupla de Bombeiros Voluntários de Concórdia, Luiz Benini e Maicol Oro, participaram da Seletiva Mundial de Trauma – WRO 2018, este ano realizado na África do Sul, que além de conquistarem a 6ª colocação na categoria geral do encontro, trouxeram em suas bagagens novos conhecimentos e novas experiências, levando o modelo voluntário para o mundo, mostrando também que a capacidade técnica de conhecimentos e habilidades, são constantes nos Bombeiros Voluntários.

A Diretoria, Comando e os Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio, parabenizam à Corporação de Concórdia e especialmente aos bombeiros Luiz Benini e Maicol Oro pela classificação na seletiva, além de motivar sempre o modelo voluntário de bombeiros na continuidade de atualização de conhecimentos e habilidades.

 

Texto: Alex de Lima – Assessor de Comunicação Social BVPG | Foto: BVC

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário