Bombeiros registram 45 mortes por afogamento na temporada em SC

Ocorrências de afogamento já provocaram 45 mortes nas praias, rios e lagoas do Estado desde que teve início a atual Operação Veraneio, em outubro. O número supera toda a temporada passada, que teve 36 mortes entre outubro de 2017 e abril de 2018.

A maioria dos casos ocorreu em áreas de água doce — todas as ocorrências com vítimas fatais em rios e lagoas foram registradas em pontos sem a presença de salva-vidas.

O último fim de semana teve dois casos nestas circunstâncias. Jorge Bitencourt Junior, 30 anos, desapareceu após mergulhar na Lagoa Santo Antônio dos Anjos, em Laguna, no último sábado. Ele não retornou mais à superfície. O corpo de Jorge foi encontrado nesta segunda-feira.

No domingo, um jovem de 20 anos também morreu afogado em José Boiteux, no Alto Vale do Itajaí, em uma cachoeira na localidade de Roncador, no interior do município.

Amigos da vítima viram quando o jovem entrou na água e se afogou. Eles tentaram o resgate antes da chegada dos bombeiros, mas não tiveram êxito.

Outubro 2018 / Fevereiro 2019

AFOGAMENTOS

  • Água doce 19
  • Água salgada 86

​AFOGAMENTOS COM MORTE

  • Água doce 27*
  • Água salgada 18**

*Todos em área sem salva-vidas
**Apenas 2 em área com salva-vidas

 

Fonte: nsc | Foto: Cristiano Estrela

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário