Blumenauense Duda Amorim é eleita melhor jogadora de handebol do Brasil em 2018

Atleta de Blumenau foi escolhida por um júri do COB como a melhor atleta da modalidade no Prêmio Brasil Olímpico 2018

A melhor jogadora de handebol do Brasil é de Blumenau. Duda Amorim, 32 anos, foi escolhida na última semana pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) como a melhor atleta da modalidade no Prêmio Brasil Olímpico 2018, o Oscar do esporte brasileiro.

A indicação foi feira por um júri formado por jornalistas, dirigentes, ex-atletas e personalidades do universo esportivo.

Duda comemora a premiação:

– Eu me sinto muito feliz, mais uma vez sendo reconhecida. Foi realmente um ano muito positivo na minha carreira, onde ganhei tudo que competi com meu clube: Liga e Copa Nacional da Hungria e a mais almejada Liga dos Campeões.

Esse prêmio só me dá mais motivação! – disse, por telefone, direto da Europa, enquanto arrumava as malas para se juntar à Seleção Brasileira.

A blumenauense lamenta, porém, que não poderá estar presente na cerimônia de entrega do prêmio, já que tem uma série de compromissos com a Seleção. Nesta semana, as atletas se juntam para treinar na Espanha. Em seguida, o grupo viaja para Maceió (AL), onde vai disputar uma competição.

Além de Duda, o júri do COB anunciou os melhores atletas de outras 50 modalidades (clique aqui e veja a lista). Esta é a 20ª edição do prêmio, que tem seis finalistas na disputa pelo prêmio de Melhor Atleta do Ano: Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Ana Sátila (canoagem slalom) e Marta (futebol), no feminino; e Gabriel Medina (surfe), Isaquias Queiroz (canoagem velocidade) e Pedro Barros (skate), no masculino.

Os vencedores serão anunciados na cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico, no dia 18 de dezembro, no Teatro Bradesco, no shopping Village Mall, no Rio de Janeiro. Os vencedores de 2017 foram Marcelo Melo e Mayra Aguiar.

Fonte: NSC | Foto: Instagram/Reprdoução

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário