Black Friday: pesquisa e dicas de como se preparar para a data

Um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que 11% das empresas pretendem aderir a Black Friday, que será realizada no dia 23 de novembro. O percentual sobe para 16% no setor de comércio. Desse total, 77% enxergam uma oportunidade para aumentar suas vendas e 19% em girar produtos em estoque.

Em uma enquete feita pela CDL Blumenau, no site da entidade, 46,34% dos participantes disseram que pretendem participar da Black Friday; 25,61% informaram que não farão nenhuma ação para a data e 28,05% apontaram que ainda não decidiram se irão aderir ou não à campanha.

As principais estratégias de preparação que devem ser adotadas pelos empresários que participarão da Black Friday, de acordo com a pesquisa da CNDL e SPC Brasil, envolvem realização de promoções especiais (52%), investimento na divulgação de seu negócio (32%) e ampliação do estoque (29%).

Para atrair os consumidores, o desconto médio a ser aplicado nos produtos ou serviços será de 29%, sendo que 33% dos empresários prometem descontos que variam entre 31% e 50%.

Outro dado apontado pela pesquisa mostra que um em cada quatro (25%) empresários participantes do evento acredita que as vendas na Black Friday 2018 serão melhores em relação ao ano passado, enquanto 35% acham que serão iguais e apenas 10% avaliam que serão piores.

Para o presidente da CDL Blumenau, Helio Roncaglio, se comparada as demais datas comemorativas, a Black Friday é relativamente nova, ou seja, o empresário ainda está aprendo a trabalhar com ela. “Está será a nona edição da Black Friday, no Brasil. Além disso, a data ainda está muito marcada pelo e-commerce. Mas, há espaço para todos, seja no varejo online ou físico”, afirma.

Metodologia

Foram ouvidos 1.168 empresários de serviços e comércio varejista localizados nas capitais e no interior do país. A margem de erro é de 3,0 p.p. com um intervalo de confiança de 95%.

Dicas para o empresário

Para obter resultados na Black Friday, a coach e consultora empresarial, Siomara Marquetti, destaca que o mais importante é o planejamento. Por isso, ela selecionou algumas dicas que são simples de aplicar, mas muito relevantes. Confira:

  • Prepare seu estoque e sua equipe para receber e atender seus clientes.
  • Capriche na divulgação. Use as redes sociais! Além do feeds, use também o Stories, principalmente do Instagram e o WhatsApp.
  • Nada de mentiras! Ofereça apenas promoções reais, que sejam atrativas para o cliente e que também tenha lucro para o seu estabelecimento.

Além disso, Siomara destaca a questão do posicionamento. Na avaliação dela, esse é o item mais relevante quando se fala em preparação para a data. Ela explica que, se o empresário usa a Black Friday como uma oportunidade de desovar o estoque, ele pode estar perdendo uma grande oportunidade de negócio.

Segundo a consultora é preciso encarar a Black Friday como uma oportunidade de relacionamento com cliente. Veja as orientações da profissional:

  • Crie promoções de forma a atrair clientes novos, pessoas que não costumam comprar no seu estabelecimento. Use a campanha para ganhar cliente novos.
  • Criei uma promoção exclusiva para clientes ativos, como forma de presenteá-los e incentivá-los a comprar produtos que não costumam estar na lista.
  • Resgate clientes inativos, crie ações para trazê-los para loja novamente usando a Black Friday.

 

Fonte/Foto: CDL Blumenau

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário