Ato no Colmeia fará protesto contra a violência neste sábado, em Blumenau

Bianca Wachholz, assassinada pelo ex-namorado, e Douglas Junckes, morto pelo vizinho, serão homenageado

Os assassinatos de dois jovens blumenauenses nos últimos meses motivaram um ato que vai ocorrer no evento Colmeia, neste sábado, no Teatro Carlos Gomes em Blumenau.

O flashmob “É tempo de mudança” está marcado para as 20h em frente ao teatro e vai fazer uma homenagem póstuma a Douglas Junckes e Bianca Mayara Wachholz.

O engenheiro blumenauense Douglas foi assassinado em Curitiba em maio, morto dentro do apartamento em que morava vítima de disparos de arma de fogo. O autor foi identificado como um vizinho do jovem, que teria brigado com Douglas por causa de som alto.

Já a artista visual Bianca foi morta no fim de julho dentro da casa da mãe, em Blumenau. Ela foi assassinada com um tiro na cabeça que teria sido disparado pelo ex-namorado, Éverton Balbinott de Souza, que não aceitava o fim do relacionamento.

A ideia do ato neste sábado é que todos os participantes fiquem parados — como manequins — durante a execução de uma música.

Todos deverão estar de roupas brancas e segurando velas acesas, “como uma crítica social, que se não fizermos nada em relação à crescente intolerância e violência cotidiana, a próxima vítima pode ser nós mesmos ou alguém muito próxima a nós”, conforme a descrição do evento.

Fonte: JSC | Foto: Reprodução

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário