ATENÇÃO! Momo aparece em vídeos infantis e ensina crianças a se suicidarem

Personagem interrompe vídeos populares na internet com passo a passo para o suicídio

Imagens aleatórias da Momo estão aparecendo em vídeos infantis populares na internet. A personagem interrompe a exibição com mensagens as sutadoras como o que uma criança deve fazer para se suicidar.

A informação foi publicada na sexta-feira, dia 15 de março, na revista Crescer.

A personagem, criada a partir de uma escultura de um artista plástico japonês, tem olhos esbugalhados, pele pálida e sorriso sinistro e ficou conhecida depois que um vídeo chamado “Desafio Momo” viralizou na internet no ano passado.

Esse desafio envolvia roubo de informações pessoais, incitação ao suicídio e extorsão.

A reportagem da revista Crescer relata o caso de um vídeo popular na internet de uma criança brincando de slime que é interrompido, após poucos segundos do início da sua exibição, com imagens da Momo ensinando o passo a passo de como cortar os pulsos, literalmente, em inglês.

Os pais entrevistados na matéria afirmam ter recebido o vídeo por meio de um grupo do WhastApp.

Ao conversarem com a filha de 8 anos sobre o assunto, descobriram que ela já havia assistido à cena cerca de três vezes e estava muito assustada, inclusive com medo de dormir sozinha.

Eles afirmaram à reportagem que haviam colocado filtro no YouTube, restringindo o acesso da filha ao conteúdo do YouTube Kids.

A Crescer publicou uma carta do YouTube, que se manifestou sobre o assunto:

“Muitos de vocês compartilharam suas preocupações conosco nos últimos dias sobre o Desafio Momo — prestamos muita atenção nisso.

Depois de muita análise, não vimos nenhuma evidência recente de vídeos promovendo o Desafio Momo no YouTube. Vídeos incentivando desafios prejudiciais e perigosos são claramente contra nossas políticas, incluindo o desafio Momo.

Apesar dos relatos da imprensa sobre esse desafio, não tivemos links recentes sinalizados ou compartilhados conosco do YouTube que violem nossas Diretrizes da comunidade.

Fonte: Portal R7 | Foto: Reprodução Youtube

2 Respostas

  1. *bom dia!!
    Li algumas coisas sobre essa “boneca”, e acho irônico como algumas redes sociais tentam bloquear pessoas que estão tentando ajudar outros pais, tentando alertar, por meio de stores… Fiquei muito feliz quando vi que vocês publicaram isso, porque tem muitos pais que nunca viram nem ouviram sobre ela

  2. Seu comentário*o YouTube precisa tomar providências urgentemente!

Deixe um comentário