Após discutir com enfermeira, médico deixa pacientes esperando por cirurgias e é afastado de hospital de Camboriú

Nove procedimentos cirúrgicos estavam agendados no Hospital Cirúrgico Camboriú. Profissional trabalha como temporário na unidade de saúde.

Um médico cirurgião de Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, foi afastado pela Secretaria de Saúde do trabalho após discutir com uma enfermeira e abandonar o centro cirúrgico.

Pelo menos nove pacientes aguardam para passar por procedimentos. O caso foi registrado na quarta-feira, dia 25 de julho, no Hospital Cirúrgico Camboriú (HCC).

Uma das pacientes foi deixada no centro cirúrgico e apesar de estar preparada para o atendimento não tinha sido anestesiada. O médico tinha ainda outros oito pacientes agendados, que iriam passar por procedimentos como cirurgias de hérnia, vesícula e laqueadura.

Segundo a prefeitura de Camboriú, que administra a unidade de saúde, o médico teve uma discussão com uma das enfermeiras e foi embora. Segundo a administração, o profissional não ser servidor municipal, ele atuava como temporário na unidade.

Segundo a secretaria e a direção do hospital, a decisão de afastar o profissional é para que os envolvidos sejam ouvidos e a situação seja esclarecida. Ainda de acordo com a pasta, outro médico já foi contratado e os procedimentos que ficaram sem atendimento vão ser remarcados.

O nome do médico afastado não foi divulgado pela Prefeitura.

Fonte: Portal G1 | Foto: Reprodução

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário