Ao menos três presídios catarinenses são alvo de criminosos

Casos foram registrados no domingo. Departamento de Administração Prisional (Deap) e a Secretaria de Segurança Pública investigam as motivações.

Ao menos três presídios de Santa Catarina foram alvo de disparos no domingo, dia 29 de julho, conforme a Polícia Militar. As ocorrências foram em Florianópolis, São Pedro de Alcântara, na região da Grande Florianópolis, e Blumenau, no Vale do Itajaí.

O Departamento de Administração Prisional (Deap) e a Secretaria de Segurança Pública investigam as causas nesta segunda-feira, dia 30.

“Com relação aos tiros contra os estabelecimentos prisionais, ainda está sob investigação o que motivou. Não tem nenhum alerta específico, mas os trabalhos desempenhados pelas polícias, principalmente com a prisão de lideranças, pode ocasionar esse tipo de reação, que não é comum, são situações bem esporádicas”, disse o secretário de Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior.

Complexo Penitenciário de Florianópolis

Conforme a Polícia Militar, o Complexo Penitenciário de Florianópolis foi alvo de tiros por volta das 21h. De acordo com a PM, pessoas em um carro disparam contra a fachada da unidade. Ninguém foi atingido.

O portão da unidade, a entrada de visitantes e paredes externas foram perfurados. Na sala de espera dos visitantes, também é possível ver marca de tiros próximo a assentos.

Penitenciária São Pedro de Alcântara

Já a Penitenciária São Pedro de Alcântara foi alvo de tiros por volta das 4h de domingo. De acordo com a PM, dois homens foram presos, outro foi morto e um terceiro fugiu.

Conforme a Secretaria de Justiça e Cidadania do estado, quatro homens tentavam jogar objetos ilícitos dentro do Complexo quando foram surpreendidos pelos agentes penitenciários.

Segundo a PM, os três estavam armados e trocaram tiros com os agentes penitenciários. A perseguição contra os suspeitos continuou em um matagal, quando um deles foi morto.

O homem morto estava com um colete balístico com logomarca do Instituto Geral de Perícias (IGP). Os militares apreenderam um colete, uma pistola 9mm com 8 munições e um revólver calibre 38 com munição tanto intacta quanto deflagrada.

Penitenciária Industrial de Blumenau

Em Blumenau, os tiros foram registrados por volta das 5h30 de domingo. Segundo a PM, três homens são suspeitos e fugiram.

Os suspeitos estavam tentando jogar dentro do complexo fumo, celulares, carregadores, chips e serras, material que foi recolhido pela polícia. Durante o ato, foram feitos disparos contra uma das torres do presídio.

Fonte: Portal G1 | Foto: Gito Rossi

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário