25 trabalhos da rede pública de ensino estão inscritos em feira de matemática, em Rio do Sul

Em 2018 a Secretaria de Educação de Rio do Sul registra o maior número de projetos inscritos na Feira Regional de Matemática. O evento ocorre dia 31 de agosto na sede do Instituto Federal Catarinense (IFC), no bairro Serra Canoas. No ano anterior foram 13 trabalhos e agora serão 25 apresentações, sendo que uma delas é sobre educação especial. A feira contempla quatro categorias: professores, ensino fundamental (1º ao 9º ano), educação infantil (centros de educação infantil e pré-escola) e educação especial.

Após esta fase, será a vez da etapa estadual, marcada para o dia 24 de outubro e, por último, a nacional, ainda sem data prevista. “Essa é uma forma de estimular a participação dos estudantes e trabalhar conceitos como: interdisciplinaridade, oralidade e oportunidade de apresentação dos trabalhos feitos em sala de aula”, destaca a secretária de Educação, Janara Mafra.

A diretora do Ceplas, Sidiane Laurete, explica que a unidade irá apresentar projetos da educação especial, educação infantil e ensino fundamental de estudantes do 5º ao 9º ano. “Participar da feira é um aprendizado para os alunos. A atividade dá mais visibilidade à produção estudantil”, pontua.

O professor de Educação Especial, Roberto Mafli, lidera uma equipe de alunos responsáveis pelo projeto ‘Brinquedo e a brincadeira como contribuição matemática’. O educador explica que “a atividade foi iniciada no começo deste ano e contribui para o desenvolvimento cognitivo das crianças com limitação intelectual”. A prática aguça a atividade sensorial dos autistas. Também são realizadas oficina das chamadas brincadeiras voadoras como pipas em formato de dragões. O trabalho é feito por uma média de 60 alunos dos sete aos 14 anos.

 

Fonte: Imprensa de Rio do Sul

Nenhum comentário publicado.

Deixe um comentário